06 junho 2013

Ao meu Tio com amor..

Sem avisar você partiu e eu não
consegui te abraçar,
No peito resta agora um vazio 
e as recordações que moram lá.
Uma infância alegre ao teu lado passei,
Me ajudou, aconselhou, um tio/amigo encontrei.

Eu fui crescendo, amadurecendo
e o nosso carinho sempre florescendo,
Sabia que com você podia contar,
sabia que em você amor de pai
sempre iria achar.

A vida é assim: inicio, meio e fim;
Não sabemos a hora e nem o lugar,
mas sabemos que um dia aqui vai findar.
Então chegou sua hora e você teve que partir,
Só nos resta agora conformar e lembrar do teu rosto a sorrir...

Te amo! 
Ao meu tio/pai Valdemar Oliveira.

Vívian Oliveira©
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Fé ri das impossibilidades!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...